segunda-feira, 18 de junho de 2018

"A porta", um livro de José Fanha


"A porta"
Texto de José Fanha e ilustrações de Mónica Cid
Editado pela Gailivro em 2014 (2ªed.)

"Um menino e os pais chegam, de malas feitas, a uma casa nova. 
Mas a casa nova não tem em paredes, nem tecto, nem nada. 
Apenas uma porta.

- Uma porta é um bom começo! - disse logo o pai que era um sonhador. 
Mas a mãe ficou muito aflita. - E onde é que está a cozinha, a sala, o quarto?!
Tudo estava por inventar naquela casa que ainda só tinha uma porta.


No entanto, essa não era uma porta vulgar. Abria para um mundo mágico onde viviam e vivem os novos vizinhos: o Grande Espinafre, a Bruxonauta, a Princesa Princesinha e o Xico Parafuso
Gente muito invulgar mas cheia de vontade de ajudar, embora nem sempre essas ajudas resultem da melhor maneira. Basta lembrar os bruxedos falhados da Bruxonauta, das tentativas do Xico Parafuso de pregar as pessoas ao chão e os ponteiros ao relógio, ou do esparguete que não pára de crescer na horta do Grande Espinafre.

É assim que, de um lado e do outro da porta, se confrontam como dois espelhos a realidade que se mostra pouco real e a magia que alarga e ameniza o mundo. Entre os dois, a casa vai crescendo como um espaço caloroso onde cabe a amizade, o amor e o sonho, ou seja, a grande aventura da vida."

Fonte: contracapa do livro



Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para o 6º ano de escolaridade

Obra disponível na rede de Bibliotecas do concelho de Arganil
Boas leituras!

Sem comentários:

Enviar um comentário