sexta-feira, 9 de novembro de 2018

"As 4 estações e outras complicações", um livro de Manuela Ribeiro

"As 4 estações e outras complicações"
Texto de Manuela Ribeiro e ilustrações de Irina Duque
Editado pela Textiverso em 2018

OUTONO


"O tempo já refrescou,
a escola recomeçou,
vimos de novo os amigos
e estamos bem mais crescidos.

O Outono vai avançando
e as folhas vão-se pintando
de castanho avermelhado
e de amarelo dourado.

Começaram a aparecer
os carrinhos a vender
a bela castanha assada
e a avó já fez marmelada.

O calor foi mesmo embora
e o que dá vontade agora
é que volte num instante
o Verão ainda distante."
Fonte: interior do livro


Obra disponível na rede de Bibliotecas do concelho de Arganil.
Boas Leituras!

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

"Não deixes o pombo guiar o autocarro", um livro de Mo Willems

"Não deixes o pombo guiar o autocarro"
Texto e ilustrações de Mo Willems
Editado pela Booksmile em2015 

O Pombo quer, porque quer, guiar o autocarro. Mas os pombos não podem conduzir!
Este pombo, como é teimoso, não quer saber disso para nada. Ele vai tentar convencer-te a deixá-lo fazer o que quer. Achas que vais conseguir dizer-lhe não?

Começa assim:

"Olá! Eu sou o motorista do autocarro. Olha, tenho de ir ali num instante.
Podias tomar conta de tudo até eu voltar?
Obrigado. E não te esqueças:

Não deixes o pombo guiar o autocarro!"
Fonte: interior do livro


Texto e ilustrações de Mo Willems

Obra disponível na rede de Bibliotecas do concelho de Arganil.
Boas Leituras!

terça-feira, 6 de novembro de 2018

"O caso da Rua Jau", um livro de Mário Castrim

O caso da rua Jau
Texto de Mário Castrim e ilustrações de Jorge Barros
Editado pela Câmara Municipal de Lisboa, D.L. 1994. 

A novela de Mário Castrim tematiza, de um ponto de vista singular, a questão da vigência da Ditadura salazarista e os seus reflexos no universo escolar, recriando, através de uma narrativa encaixada, as diferenças entre a actualidade e o Estado Novo. Trata-se, de alguma forma, de aproximar os jovens leitores contemporâneos, através das comparações implicitamente sugeridas, de uma realidade desconhecida, marcada pela falta de liberdade, pela censura e pela intolerância. O ambiente escolar, as relações entre os jovens, as condições de vida das famílias assim perspectivados permitem perceber as modificações introduzidas pela Revolução de Abril e pela Liberdade. Com um discurso vivo e cativante, marcado pela coloquialidade e pelo diálogo e acção constantes, Mário Castrim consegue cativar os leitores e desafiá-los a tirar as suas conclusões pessoais das várias histórias que aqui são narradas. 

Por Ana Margarida Ramos
in http://www.casadaleitura.org


Livro disponível na rede de Bibliotecas do concelho de Arganil
Boas Leituras!

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

"O bando da meia noite", um livro de David Walliams

"O bando da meia noite"
Texto de David Walliams e ilustrações de Tony Ross
Editado pela Porto editora em 2016

"Depois de Tom levar um piparote na cabeça em pleno jogo de críquete, acorda no hospital, onde é recebido pelo homem mais assustador que já viu. E quando pensa que nada pode piorar, conhece a terrível enfermeira responsável pelas crianças…

Tom nem sonha que está prestes a viver a aventura de uma vida…

Esta é a deliciosa história de cinco crianças numa enfermaria de hospital, que adoram quando o relógio dá a meia-noite. Porquê? Porque a essa hora, enquanto o mundo dorme, para elas a aventura está apenas a começar..."

Fonte: contracapa do livro


Livro disponível na rede de Bibliotecas do concelho de Arganil
Boas Leituras!

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

"Posso dormir na vossa cama?", um livro de Ilan Brenman

"Posso dormir na vossa cama?"
Texto de Ilan Brenman e ilustrações de Jo Franco
Editado pela Booksmile em 2018

Quem nunca quis dormir na cama dos pais que levante o dedo!

A Gabriela quer muito dormir na cama dos pais. Mas o pai, para convencê-la a desistir da ideia, inventa mil e uma desculpas esfarrapadas. A pequena Gabriela não vai na conversa e, como é muito espertalhona, tem sempre respostas criativas na ponta da língua.
E no fim? Quem será que vai ganhar este desafio?

Um livro maravilhoso que explora as etapas próprias do crescimento das crianças: o relacionamento entre pais e filhos e as dinâmicas da hora de dormir.

Fonte: contracapa do livro

Sobre o autor:
Psicólogo de formação, Ilan Brenman é um dos mais conhecidos e acarinhados escritores brasileiros de literatura infantojuvenil.
Em 2011, com o livro O Alvo (Ed. Ática), recebeu o prémio de Melhor Livro para Crianças, atribuído pela Fundação Nacional do Livro Infantojuvenil.
Já publicou mais de 70 livros no Brasil, alguns dos quais podemos encontrar traduzidos e publicados em países como a Polónia, China, Coreia, Espanha, México, França, Dinamarca, Suécia, Itália e, desde 2016, em Portugal, pela Booksmile.
Há mais de 20 anos que percorre o Brasil e o resto do mundo a dar palestras sobre as mais diversas temáticas no âmbito da Educação e da Cultura.
Em 2011, tornou-se colunista da revista Crescer, a principal publicação brasileira dedicada à maternidade e à primeira infância.
Em 2014 e 2015, estreou dois programas semanais na Rádio CBN, a mais prestigiada rádio do seu país, onde fala abertamente sobre Educação e Literatura.

Mais sobre o autor em: www.ilan.com.br

Sobre a ilustradora:
Jo Franco (Joana Franco) é ilustradora e animadora 2D de formação. Estudou em Lisboa e em Austin, Estados Unidos, onde se especializou em Animação Digital. Enquanto freelancer, já desenvolveu trabalhos de animação e ilustração um pouco para todo o mundo.
Faz parte do projeto «Era Uma Vez Um Sonho», um ambiente de cor e magia com o qual colabora há mais de 16 anos. Além disso, é formadora na Etic, a escola onde se formou, nas áreas de Concept Art e Animação em Videojogos.
Sonhadora e criativa, Joana Franco criou o Stories Studio, onde procura, através das mais diversas plataformas digitais, criar narrativas interativas e animadas. O seu objetivo é dar vida e cor ao mundo digital.
Mais sobre a ilustradora em: www.jofranco.com



Obra disponível na rede de Bibliotecas do concelho de Arganil
Boas Leituras!

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

"Os Mauzões", um livro de Aaron Blabey

"Os Mauzões"
Um livro de Aaron Blabey
Editado pela Porto Editora em 2018

Eles são MAUZÕES, todos sabem disso. São assustadores, perigosos e... MAUS.
Mas estes tipos querem ser HERÓIS.
E vão prová-lo fazendo boas ações… quer QUEIRAS quer não.

Prepara-te para o mais divertido, atrevido e espetacular livro que alguma vez leste.
Prepara-te para conheceres os MAUZÕES.

Fonte: contracapa do livro


O Autor:
Aaron Blabey era um péssimo ator, por isso, decidiu escrever anúncios irritantes para televisão. Depois, ensinou desenho a quem desenhava melhor do que ele. Até que decidiu escrever livros, e adivinhem? Os seus livros receberam diversos prémios e muitos tornaram-se famosos. Então, ele pensou: “Ser autor é excelente! Esta será a minha profissão!
Hoje, Aaron vive numa montanha, na Austrália, com a sua esposa, três filhos e uma piscina cheia de tubarões brancos. OK, é mentira. Ele só tem dois filhos.





Obra disponível na rede de Bibliotecas do concelho de Arganil
Boas Leituras!

"Vampiros ou nem por isso", um livro de Álvaro Magalhães

"Vampiros ou nem por isso"
Texto de Álvaro Magalhães e ilustrações de Carlos Campos
Editado pela Asa em 2010

Valentim começa o seu Diário, onde descreve os primeiros dias de vampiros nem por isso de toda a família, que vive escondida em Vivalma, no sótão da velha casa de campo. No Porto, Adolfo Mil-Homens, caçador de vampiros, fica na pista deles e, entre alhos e estacas de madeira, prepara a sua expedição de caça. Entretanto, a casa de campo dos Perestrelo é vendida pelo herdeiro, o tio Basílio, e vai ser demolida. Pior ainda: Mil-Homens chega a Vivalma, com o seu ajudante Medronho, e procura o jazigo deles no cemitério, enquanto canta: 

"Ah, caçar, caçar, caçar, /
Há caça por todo o lado
e é preciso caçar
o que ainda não foi caçado."
Fonte: contracapa do livro



Obra disponível na rede de Bibliotecas do concelho de Arganil
Boas Leituras!