terça-feira, 19 de março de 2019

Feliz Dia do Pai!

"As gravatas do meu pai"
Texto e ilustração de Pedro Seromenho
Editado pela Paleta de Letras em 2014

Esta é a história de um menino que tinha pressa de crescer. Ele achava que, se usasse uma das gravatas do seu pai, se tornaria num senhor alto e importante! Por isso resolveu experimentá-las uma a uma, fossem estas felizes, preguiçosas, apaixonadas, aventureiras ou despistadas. Mas nenhuma condizia com aquilo que sentia.

Fonte: contracapa do livro





"O livro é uma metáfora. Ser menino e sonhar em usar gravata é ficarmos adultos mais cedo, tornar a vida mais sombria e cinzenta e esquecer os sonhos que um dia tivemos. Nesta história, as gravatas são máscaras que em vez de taparem a cara, tapam o peito. É uma homenagem aos pais e, ao mesmo tempo, servem para nos fazer pensar nesses sonhos que tínhamos e que gostávamos de concretizar”.

Fonte: Pedro Seromenho 
in https://viagemdasletras.wordpress.com/tag/as-gravatas-do-meu-pai/


Ilustrações de Pedro Seromenho

Pedro Seromenho Rocha, de nacionalidade portuguesa, nasceu sob a constelação de gémeos em 1975, na cidade de Salisbúria (Harare), República do Zimbabué. Com apenas dois anos de idade fixou-se em Tavira e mais tarde em Braga, onde actualmente reside. Embora formado em Economia, Pedro Seromenho dedica-se inteiramente a escrever e a ilustrar livros para várias editoras nacionais e brasileiras.

Fonte: Wook


Pedro Seromenho na Biblioteca Municipal Miguel Torga de Arganil

Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil
Boas Leituras!

quinta-feira, 14 de março de 2019

"A coisa que mais dói no mundo", texto de Paco Liván

"A coisa que mais dói no mundo"
Texto de Paco Liván e ilustrações de Roger Olmos
Editado pela OQO em 2013

"Numa ida à pesca, a lebre e a hiena conversam: "A mentira é a coisa que mais dói no mundo", disse a lebre; e a hiena desatou a rir. Para levar a cabo a difícil tarefa de comprová-lo, a lebre irá elaborar, à porta do palácio, um "bolo" muito especial que provocará a cólera do rei; depois vai contar com a cumplicidade das moscas, peritas em ca... calcular e perceber todo o tipo de cheiros, que irão procurar entre todos os animais, o culpado de semelhante obra.

A hipótese que a lebre formula, o que mais dói no mundo é a mentira, vai ser demonstrada através de um relato fantástico e divertido que provocará no leitor, para além de gargalhadas, reflexão e uma resposta emocional.

Durante séculos, os contos foram, em muitas povoações de África, a primeira escola. Ainda que cada lugar possua o seu estilo particular para abordar uma história, os contos tradicionais africanos para além de impregnados de conteúdo simbólico, encerram conhecimentos e sabedoria ancestral; é comum encontrar neles meditações cosmológicas e filosóficas sobre a vida, reviver valores esquecidos, tratar de educar e guiar os indivíduos e, como neste caso, transmitir ensinamentos. A hiena, que encarna neste conto o carácter hipócrita e ruim de alguns seres humanos, experimentará na sua pele o amargo sabor da mentira.

As ilustrações de Roger Olmos apresentam personagens expressivas, hiperbólicas, carregadas de humor. Com traço preciso e agudo, dá a sua visão pessoal de uma história que, através de um divertido exercício de escrita, nos aproxima da palavra, do pensamento e da herança cultural da Costa do Marfim."
Fonte: Wook



Uma história edificante e divertida que nos chega da tradição oral da Costa de Marfim. White Raven 2006 da Internacional Youth Library, Munique Prémio Llibreter 2006 ao melhor álbum ilustrado, Catalunha


Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil
Boas Leituras!

terça-feira, 12 de março de 2019

"As coisas maravilhosas que tu vais fazer" de Emily Winfield Martin

"As coisas maravilhosas que tu vais fazer"
Texto e ilustrações de Emily Winfield Martin
Editado pela Fábula em 2018


"Como vais ser quando cresceres?

Uma pessoa boa, corajosa, amiga e esperta?

Que coisas maravilhosas vais gostar de fazer e conhecer?


Este livro é uma celebração do amor que os pais sentem pelos filhos. É uma partilha de sonhos sobre aquilo que eles podem vir a ser e fazer quando crescerem."


CRÍTICAS DE IMPRENSA

«O texto de Emily Martin convida à releitura, pois afirma, de forma admirável, os desejos dos pais para os seus filhos, mantendo os leitores mais pequeninos sempre no seu coração.»
Kirkus Review

«Este é um livro maravilhoso, onde as crianças são representadas de forma calorosa e divertida. Os mais pequenos irão sentir-se traídos pelas imagens, e procurarão encontrar nelas os seus próprios desejos.»
The Children´s Book Review

Fonte: contracapa do livro



Obra disponível na rede de Biblioteca do concelho de Arganil
Boas Leituras!

segunda-feira, 11 de março de 2019

"Procura-se! Ralfy, o coelho Ladrão de Livros", de Emily Mackenzie

"Procura-se! Ralfy, o Coelho Ladrão de Livros"
Texto e ilustração de Emily Mackenzie
Editado pelos Minutos de Leitura em 2018

"O Ralfy não é um coelho qualquer…

Enquanto que os outros coelhos sonham com alfaces fofas e cenouras crocantes, o Ralfy só pensa em livros.



Viste este coelho? Ele é procurado por suspeita das seguintes infrações: fugir sorrateiramente com álbuns ilustrados; furtar livros de receitas; deitar a mão a dicionários; surripiar romances; e desviar poesia.



O Suspeito foi visto pela última vez nas imediações da casa do Artur. Responde pelo nome de Ralfy (por vezes!). Aproxime-se com cuidado (ou munido de alfaces e cenouras).

Será que nos podes ajudar a encontrá-lo? Juntos iremos parar o flagelo que é o roubo de livros!"

Fonte: www.minutosdeleitura.pt


 Ilustrações de Emily Mackenzie

Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil
Boas Leituras!

quarta-feira, 6 de março de 2019

"Então, morde?", um livro de Jean Gourounas


"Então, morde?"
Texto e ilustrações de Jean Gourounas
Editado pela Bizâncio em 2018

O Pinguim tenta pescar no seu buraco no gelo, só que o peixe não morde.
Qual será o mistério?

Junta-te a esta trupe de amigos polares que se reúnem, tagarelam, dão palpites e irritam o Pinguim até que... se ouve qualquer coisa debaixo do gelo!

Fonte: contracapa do livro

Ilustrações de Jean Gourounas

"Jean Gourounas envolve-nos num mistério à volta de uma pescaria no gelo. O pinguim está a tentar pescar, mas o peixe não quer morder. Os seus amigos aproximam-se, um de cada vez, e questionam “Então, o que fazes?”, ou “Então, o que se passa aqui?”, e vão ficando à espera do resultado da pescaria. Impacientes, vão questionando insistentemente o amigo pinguim
Então, porque é que o peixe não morde?
 – Não sabemos!”. A intriga aumenta, mas nada acontece. Perplexos lá tratar de ir dizendo: 
Passa-se aqui qualquer coisa muito esquisita!”. E, Se pudessem ver o que entretanto se está a passar debaixo de água, ficariam ainda mais surpreendidos.

O leitor é convidado a assistir à divertida e misteriosa pescaria ao longo de um texto marcado pela originalidade e criatividade, apresentando-se como uma bem-humorada animação, de ritmo de lento.

A ilustração da primeira página dá destaque à personagem principal, o Pinguim, que pacientemente aguarda que o peixe morda no anzol. À medida que novos amigos surgem, a mancha gráfica fica preenchida de forma harmoniosa e, oscilando entre grandes planos e o modo zoom, podemos observar minuciosamente as expressões hilariantes de todos amigos.

As ilustrações de página dupla, elegantes e ousadas, são exibidas numa paleta de cores limitada, variando entre os tons terra, o azul pálido e o branco, induzindo-nos a sensação de um inverno bem frio. Isto enquanto nos envolve numa misteriosa pescaria."

Fonte: http://deusmelivro.com



Jean Gourounas é um autor e ilustrador francês.
Gosta de sítios frios e adora construir iglus no quintal, mas ainda lhe falta pescar num buraco no gelo. Jean escreveu e ilustrou mais de 20 livros infantis. 

Fonte: interior do livro

Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil
Boas Leituras!

segunda-feira, 4 de março de 2019

"A minha avó adora tricotar", um livro de Rowena Blyth


"A minha avó adora tricotar"
Texto e ilustrações de Rowena Blyth
Editado pela Booksmile em 2018

"A minha avó adora tricotar e não sai de casa sem as suas agulhas e as lãs coloridas.

Num dia muito frio de inverno, ela resolveu embarcar numa viagem rumo à Antártida.

A minha avó só queria tricotar umas belas camisolas para que os pobres dos pinguins não tivessem tanto frio. Só que aquilo que parecia ser uma ideia cheia de boas intenções, rapidamente se transformou numa gigantesca confusão mundial!

Queres descobrir como termina esta aventura? 
Então, anda daí…

Livro de capa dura, com ilustrações muito coloridas e deliciosas!"

Fonte: contracapa do livro


Ilustrações de Rowena Blyth

Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil
Boas Leituras!

sexta-feira, 1 de março de 2019

"A revolta dos vegetais", um livro de David Aceituno com ilustrações de Daniel Montero Galán

"A revolta dos vegetais"
Texto de David Aceituno e ilustrações de Daniel Montero Galán
Editado pela Nuvem de Letras em 2017

Os vegetais estão fartos! …
...Fartos de meninos chorões e queixinhas que nunca acabam o que têm no prato. Por isso, disseram "BASTA!" e reivindicaram o seu lugar no mundo. 
Como? 
Com a revolta mais endiabrada, divertida e vitamínica jamais vivida no interior de um frigorífico. 

Quer atinjam ou não os seus objectivos, uma coisa é certa: nunca mais vais olhar para os vegetais da mesma maneira.


Fonte: contracapa do livro


O Autor:

David Aceituno nasceu em Badalona em 1977. Licenciado em Filosofia pela Universidad Central de Barcelona, já trabalhou como leitor, revisor e redator em diversas editoras e é autor de vários livros infantis.

 Ilustrações de Daniel Montero Galán

Um álbum ilustrado muito divertido e original para incentivar as crianças a comer vegetais.

Obra disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil
Boas Leituras!