quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

"Quem é o meu herói?", um livro de Michael Schober

"Quem é o meu herói? Um livro animado"
Texto e ilustração de Michael Schober e ilustrações de
Editado pela Minutos de Leitura em 2008

"Não, não vamos já revelar! As repostas às adivinhas estão sempre ao virar de cada página desdobrável deste divertido livro. Aqui há muitas profissões, de heróis que as crianças irão conhecer. No final, terão uma grande, grande surpresa, e descobrirão quem é de todos o maior herói!"


“Tem nariz vermelho, o meu amor.
Que trapalhão, está sempre a cair!
Toca muito alto o seu tambor,
faz maluquices e põe-nos a rir.
Sim, ele é todo giraço, é um divertido …”


Fonte: interior do livro

Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil
Boas Leituras!

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

"Chico-Chorão", um livro de Maurice Sendak


"Chico-Chorão"
Texto e ilustrações de Maurice Sendak
Editado pela Kalandraka em 2015
Começa assim:

Prólogo

«Quando Chico-Chorão fez um ano, não houve festa. 
(A família riu-se e franziu a testa.) 
O segundo ano, o terceiro e o quarto foram propositadamente esquecidos. 
E o quinto, sexto e sétimo, nem sequer referidos. 
Mas eis que Chico-Chorão completou os oito…» 


Desde a publicação de "O que está lá fora", em 1981, Maurice Sendak não fez mais nenhum outro livro de sua completa autoria até 2011, ano em que surgiu "Chico-Chorão", que seria a sua última obra ainda em vida. Este álbum irreverente retrata as peripécias de um porquinho que, já com nove anos, vai celebrar pela primeira vez o seu aniversário. 

A sua tia surpreende-o com um bolo e oferece-lhe um disfarce mas, por sua iniciativa, Chico-Chorão decide organizar uma grande festa sem o conhecimento dela. O concorrido evento transforma-se pouco a pouco numa desmedida e caótica festança, que será prematuramente interrompida pela tia furiosa. Mantendo a rima do texto original, a deliciosa tradução de Carla Maia de Almeida envolve-nos numa trepidante narrativa, tão ágil como por vezes propositadamente disparatada.

Fonte: Wook

Ilustrações de Maurice Sendak

Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil
Boas Leituras!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

"O meu Amigo de outro Mundo", um livro de Ross Montgomery

"O meu Amigo de outro Mundo"
Texto de Ross Montgomery
Ediatdo pela Booksmile em 2018

Caitlin tem 10 anos e vive com os pais numa ilha deserta onde nada acontece. 
Um dia, depois de uma chuva de meteoros, ela encontra um pequeno extraterrestre perdido na praia.

Apesar de lhe parecer estranho, Caitlin percebe que ele está assustado e decide tomar conta dele. 
Fala-lhe sobre a amizade e a família, mostra-lhe as estrelas, ensina-o a falar e até lhe dá um nome: Perigeu

Há apenas um pequeno problema, o seu amigo Perigeu não para de crescer. 

E, no dia em que o mundo o descobre, a história ganha uma dimensão tal que a própria 

Terra fica em perigo.

Há apenas uma pessoa capaz de salvar o mundo e o Perigeu: Caitlin.



CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Cheia de magia e alegria, esta história é uma das melhores aventuras dos tempos modernos.»
BookTrust

«Uma aventura original, maravilhosa e toda salpicada de humor.»
Bookseller

«Se o Steven Spielberg e o Roald Dahl tivessem escrito uma história juntos, seria esta.»
Serendipity Reviews

Fonte: contracapa do livro

O Autor: Ross Montgomery

Ross Montgomery começou a escrever ainda na adolescência, quando devia estar a fazer os trabalhos de casa. 
Depois da faculdade, experimentou trabalhar como carteiro e criador de porcos, mas decidiu que era melhor ser professor numa escola primária.



Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil
Boas Leituras!

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

"As piores crianças do mundo", um livro de David Walliams

"As piores crianças do mundo"
Texto de David Walliams e ilustrações de Tony Ross
Editado pela Porto Editora em 2018

Estás preparado para conhecer as piores crianças do mundo?

Apresentamos-te a Sofia Sofá - uma superviciada em televisão, tão colada ao sofá que quase se confunde com ele. Ou o João Babão - um rapaz cuja baba o mete em sarilhos tremendos numa simples visita de estudo. E não esqueçamos a Fiona, a Chorona - uma irmã mais velha do pior que só sabe berrar!

Do autor bestseller de Avozinha Gângster e Doutora Tiradentes, uma coleção de histórias deliciosamente impertinentes, ilustradas a cores pelo fabuloso Tony Ross.

Fonte: contracapa do livro


CRÍTICAS DE IMPRENSA

De David Walliams, o escritor britânico que, com o seu lado irreverente e educacionalmente incorreto, gravita no mesmo universo legado à literatura infantojuvenil por Roald Dahl. Escondendo máximas e apontamentos de moral como “da próxima vez, assoa-te” ou “arruma o teu quarto ou vais acabar engolido“, “As Piores Crianças do Mundo” apresenta uma coleção de histórias muito divertidas e irreverentes, que sugerem que alguns comportamentos possam ficar esquecidos na meninice, sob pena de uma vida adulta miserável.

BlogueDeus Me Livro

As histórias são o que já se espera de Walliams: a um tempo deliciosas e repugnantes, ternas e despenteadas. Haja a criatividade e o talento de desconstrução do autor de “Campeão de Saias”, “Senhor Pivete” ou “Avozinha Gângster” e do parceiro de ilustrações, Tony Ross.

Diário de Notícias



Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil
Boas Leituras!