quarta-feira, 26 de julho de 2017

Hoje e sempre: Dia Mundial dos Avós


Amores de Família
Texto de Carla Maia Teixeira e ilustrações de Marta Monteiro
Editado pela caminho em 2015

"As famílias deste livro são todas funcionais mas retratam os variados perfis de famílias da atualidade. 
Além do tradicional pai, mãe e respetivos filhos, temos as monoparentais, com avós que complementam a ausência dos pais, com tios desempregados, com filhos de casamentos anteriores, de acolhimento, homossexuais… A personagens são inspiradas na antiga mitologia greco-latina porque nada mais heterogéneo do que as relações familiares do Olimpo. Para realçar ainda mais o ecletismo destas famílias, os deuses são tratados pela ilustração como oriundos de diferentes raças e credos."
Fonte: www.caminho.leya.com/pt 

"AVÓ CERES

A época do ano preferida da Avó Ceres são as férias de Natal, quando o apartamento fica pequeno para acolher toda a familia. Alguns filhos e filhas vêm do aeroporto e de sítios ainda mais distantes, onde trabalham o ano inteiro. Enquanto isso, a Avó Ceres toma conta dos netos, a quem ensina a fazer compotas e conservas de frutas, que vai comprar à praça. Maio traz-lhe a saudade. Cheia de paciência, ela espera que as sementes germinem, que os netos cresçam e que o Natal lhe devolva os filhos outra vez.

AVÔ JÚPITER

Ao contrário  da Avó Ceres, o Avô Júpiter nem sempre tem os pés bem assentes na terra. Os filhos dizem que tem a mania das grandezas. Quem quiser encontrá-lo deve procurar primeiro no terraço, onde se dedica a construir casinhas de madeira para os pássaros. Também cultiva legumes e ervas aromáticas para os cozinhados da Avó Ceres. Vê bem  como uma águia e jura que consegue avistar, em bicos de pés, a serra onde ambos nasceram há muito tempo. Quando os netos o incomodam, pode ralhar como um trovão, mas ninguém duvida de que o seu coração é enorme."
Fonte: interior do livro

Ilustrações de Marta Monteiro


ABC DOS DEUSES

As famílias deste livro podem ser encontradas em qualquer parte do mundo, neste momento. São inspiradas nos principais deuses e deusas da mitologia greco-latina: nas suas personalidades, emoções, amores, dons, talentos, e manias. Viviam no Monte Olimpo e também formaram as suas famílias; sendo muito parecidos, afinal, com os humanos ( tirando os poderes sobrenaturais). Neste glossário encontram-se os nomes dados pelos Romanos, em letras maiúsculas, seguidos dos nomes originais dos Gregos, entre parêntesis. Talvez conhecendo os nossos antepassados possamos compreender melhor as nossas famílias.

Fonte. interior do livro 




"Há pais que discutem por causa dos lugares de estacionamento e há outros para quem o mais importante é um lugar ao sol."
Fonte: contracapa do livro


Livro disponível na rede de Bibliotecas do concelho de Arganil
Boas Leituras!

Sem comentários:

Enviar um comentário