sexta-feira, 31 de agosto de 2012

A fábrica dos fósseis


“Duplo prazer na praia
Brincar com a areia é muito parecido com a recolha de fósseis. Descalça os sapatos e caminha pela linha de maré, essa pilha de detritos que serpenteia ao longo da parte superior da praia e que marca o ponto mais elevado que a maré alta atingiu. Se remexeres aí, encontrarás muita coisa – pulgas da areia, claro, mas também muitas criaturas trazidas pelo oceano.
Cascas de amêijoas e conchas de caracóis são, provavelmente, os que encontras em maior número. Mas também, misturados com as algas, podem estar filamentos de ovos de caracóis e de peixes, pedaços de esponja, talvez algum coral (nas praias do Sul) e os nossos preferidos, esqueletos de caranguejos (…)”

Fonte: interior do livro

Um guia para descobrires os dinossauros, explorares a evolução e procurares fósseis!

Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para o 4º ano de escolaridade destinado a leitura autónoma e leitura com apoio do professor ou dos pais.


O nosso leitor António Serra quando regressou de férias brindou-nos com um fóssil que encontrou enquanto passeava na praia. Ora vejam,



Sugestões de leitura relacionadas com o tema:


Lê durante as férias e visita a biblioteca!

Livros disponíveis na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil

O Caderno Vermelho da Rapariga Karateca

O Caderno Vermelho da Rapariga Karateca é a primeira obra de Ana Pessoa. Vencedora do prémio Branquinho da Fonseca — Expresso/Gulbenkian, na Modalidade Juvenil – 2011.


O Caderno Vermelho da Rapariga Karateca
Autora: Ana Pessoa
Ilustração: Bernardo Carvalho
Editora: Planeta Tangerina, 2012
 
N não é uma menina, é karateca.
N tem 14 anos, quase 15, e o seu maior sonho é ser cinturão negro e beijar o Raul.
N gosta de escrever, mas prefere lutar com o Raul.
(Escrever é uma seca.)
Isto não é um diário. Não tem chave, não tem segredos.
(Sim, tem segredos.) Também tem vontade própria, páginas movediças, palavras como «diarreia» e «romântico» e personagens como a bruxa má que quer aprender a ser boa e a mosca que não sabia quem era.
Isto é o Caderno Vermelho da Rapariga Karateca. O objeto preferido de N, um animal de estimação, uma personagem, uma pessoa de verdade.
(O que é a verdade?)

Fonte: contracapa do livro




Fonte: contracapa do livro


“A convite da Fundação Calouste Gulbenkian já integrei várias vezes o júri do Prémio Branquinho da Fonseca (…). Em 2011 saltou-me à vista O Caderno Vermelho da Rapariga Karateca. Fresco, despretensioso, divertido, com ritmo e com graça, lê-se com agrado e anuncia uma jovem escritora que se inicia como quem é capaz de erguer um projeto pessoal. Ser um dos elementos do júri que atribuiu a este livro o Prémio Branquinho da Fonseca foi um prazer. E é uma alegria vê-lo agora publicado pela editora Planeta Tangerina.”
Ana Maria Magalhães
 
Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Princesas esquecidas ou desconhecidas


Capa do livro Princesas esquecidas ou desconhecidas
Autor: Philippe Lechermeier
Ilustrações: Rébecca Dautremer
Editora: Educação Nacional, 2004

Em Princesas,
encontramos a Cinderela e outras celebridades
mas, sobretudo, descobrimos princesas desconhecidas,
princesas injustamente esquecidas.E não é tudo.

Em Princesas,
há histórias, anedotas, segredos e retratos.
Há coisas que fazem rir, outras que assustam,
e algumas que fazem sonhar.E não é tudo.

Em Princesas,
não há só princesas.
Há também cofres, sombrinhas e beijos.
Há jardins, um príncipe e borboletas negras.
Um planisfério e mistérios.Há amor. Como sempre.
Mas não há só isso.

Princesas
fala das princesas como nunca ninguém o fez,
mostra-as como nunca ninguém as viu.
Mas isto não é tudo…

Fonte: contracapa do livro
 
"Preguiçosa
                      princesa

Da família dos reis mandriões.
A inactividade é a sua norma
e a preguiça é o seu lema.

Caprichosa
princesa

É impaciente e muito difícil. A princesa caprichosa não fala,
sussurra; não tosse, tossica. Perante um bom prato,
não toca em nada, faz cerimónia e, quando muito, petisca um pouco.


Amnésia
princesa

Falta aos seus encontros, perde sempre os comboios e chega aos espectáculos
Com uma semana de antecedência ou com três dias de atrasado



 
Sapina
princesa

O seu nome não tem relação com o seu aspecto físico.
É muito bonita, não se baba, não coaxa e não tem saliências."
Fonte: Interior do livro


Ilustrações do livro

Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil

terça-feira, 21 de agosto de 2012

"Biblioteca em movimento"

No passado dia 6 de Agosto, a Biblioteca Municipal de Arganil promoveu mais um Peddy Paper. Tendo como ponto de partida a Sala Infantil e Juvenil este jogo pretendeu desafiar todos os participantes a interpretar pistas e decifrar mensagens através da procura autónoma de informação, patente no fundo documental das diferentes salas.

Momentos para recordar...












Um trabalho em equipa com muito empenho e divertimento!
Parabéns a todos!

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Este verão não fiques em casa, visita a Biblioteca!

A Sala infantil e juvenil da Biblioteca Municipal convida os pais, os filhos,
as crianças e amigos a frequentarem as várias atividades
preparadas e pensadas para todos!


Sugerimos a visita à Exposição de verão que contempla diversos materiais de leitura!
Um convite à imaginação e à criatividade acompanhada pelas ondas do mar e do agradável sabor a férias!

Um convite à leitura, à descoberta e aprendizagem.
Bem PERTO de nós, há sempre um livro para folhear e saborear...
Histórias divertidas que nos fazem sonhar!!!
Mistérios e aventuras para desvendar!


Um convite aos pais, avós e família para partilhar histórias e aventuras com os mais pequenos, numa sala recheada de conforto e muitas emoções!

Participar nas atividades diárias que vão desde oficinas de expressão plástica, dramáticajogos e concursos, leituras e descobertas!






Convida os teus amigos a visitar a Biblioteca,
inscreve-te e participa!

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Festival de novos talentos: mais uma edição!

No passado dia 30 de junho decorreu no auditório da Biblioteca Municipal de Arganil mais um Festival de novos talentos! Várias foram as categorias apresentadas, onde se salienta a leitura, a dança, a música e a magia. Para recordar estes grandes momentos:

video

Vencedor:
Grupo da Santa Casa com a coreografia musical.


Parabéns a todos e continuação de boas férias!

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

O livro dos quintais

“Não se assustem os mais supersticiosos: mal abrimos O Livro dos Quintais, damos de caras com um gato preto, daqueles meio vadios que de vez em quando se atravessam no nosso caminho. O gato chama-se Gatuno (só no final do livro vamos perceber porquê) e vive de quintal em quintal, escolhendo o dono e a sombra que mais lhe convém, de acordo com a época do ano e as suas vontades felinas".
Fonte: Planeta Tangerina

O livro dos Quintais uma obra escrita pela Isabel Minhós Martins com ilustrações de Bernardo Carvalho
editado pala Planeta Tangerina em 2010.


"Neste livro não entramos em casa de ninguém.
Ficamo-nos pelas histórias que se passam cá fora, à beira de limoeiros e nespereiras, hortas e estendais, tanques ou mini-piscinas. Os quintais são pequenos, é verdade. Mas, com algum esforço, neles podem caber grandes sonhos e as maiores aventuras."
Fonte: contracapa do livro






Livro disponível na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil
Boas leituras!!!